Pense em algum ente querido que faleceu recentemente; agora imagine só por um segundo se durante o funeral de repente chegasse um grupo de malucos com faixas e cartazes dizendo “Já vai tarde!!!”, “tomara que esteja queimando no inferno!!!”, “graças à Deus que mais um desses se foi!!!”.

Pode parecer surreal e impossível um absurdo desses, mas de fato isso vem acontecendo já há algum tempo aqui nos Estados Unidos. Um bando de lunáticos da igreja Batista de Westboro, sai país à fora invadindo funerais de soldados mortos nas guerras do Afeganistão e Iraque, e de pessoas que apoiam a causa gay. Há alguns anos escrevi uma coluna sobre o documentário “Fall from Grace”, sobre a tal igreja. O Pr. Fred Phelps e seus asseclas vêm ao longo desses anos inventando toda sorte de absurdos para justificar os protestos e essa postura ultra-radical. Recentemente eles chegaram ao extremo de invadir o funeral daquela garotinha de nove anos de idade assassinada no massacre do Arizona. Assisti a algumas entrevistas com a filha do Pr. Phelps, Shirley Phelps-Roper, e fiquei ainda mais chocado. Ela é ainda mais louca do que o pai. Fala coisas tão absurdas e de teologia tão “sem-pé-nem-cabeça”, que nem vale à pena comentar.

E agora esses panacas avisaram que estão planejando invadir o enterro do ator Ryan Dunn da série de filmes “Jackass”, falecido recentemente em um acidente de carro.

A serie “Jackass” na verdade é um reality show da MTV que virou filme e já está na terceira edição. Não é nenhuma obra prima, muito pelo contrário, é o que existe de pior na televisão Americana, o cúmulo do mau gosto e se resume a pegadinhas infames, algumas gerando grande risco contra a integridade física dos participantes. Mas, isso não vem ao caso aqui. O que está em discussão é se existe alguma justificativa para esse povo sair invadindo funerais alheios em nome de Deus.

Tem muita coisa maluca aqui nesse país, mas esses imbecis certamente merecem ocupar as primeiras posições no ranking. A igreja divulgou uma nota à imprensa dizendo em letras garrafais que “Ryan Dunn está no inferno!!!”, e que os culpados são os seus “amigos” e a família que não o alertaram sobre os pecados que vinha cometendo. A nota diz ainda que “Deus, em sua ira, ceifou esse jovem no primor de usa vida , porque ele zombou do pecado e ensinou seus colegas a pecarem descaradamente contra Deus”. Assim, segundo eles, foi Deus que causou o acidente de Dunn e não as suas más escolhas como beber e dirigir em alta velocidade. Parece que a Bíblia desses infelizes só tem o velho testamento; parece que eles tiraram Jesus da equação e focaram apenas no legalismo vetero-testamentário.

Eu queria muito saber como essa igreja explica o sacrifício salvífico de Jesus Cristo e por que ele não saiu por aí matando todo mundo quando esteve aqui na terra. Muito pelo contrário, morreu na cruz por TODOS os nossos pecados! Eu gostaria de saber também, como eles explicam os políticos corruptos e banqueiros inescrupulosos que enriquecem às custas da pobreza alheia e estão por aí vivos, leves e soltos. Por que os pirados da Westboro acham que Deus escolheu Ryan Dunn como exemplo e deixou vivos tantos outros pecadores. E o mais importante: eles se esqueceram que TODOS nós somos pecadores também; não somos melhores do que ninguém e somos salvos apenas pela graça de Deus e não por nossos méritos. Isso é que eles deveriam estar pregando e não esse ódio descabido e ignorante. O que esse povo tem na cabeça? Como tem a audácia de se auto-proclamarem Cristãos e agirem de forma tão distante dos princípios do Cristianismo?

Sinceramente eu estou torcendo para que a ameaça se concretize e que a tal igreja realmente compareça ao funeral de Ryan Dunn. Assim eles finalmente vão mexer com gente tão maluca quanto eles e, conhecendo o perfil dos outros atores e dos fãs, acho que vão levar uma merecida surra.

Um abraço,

Leon Neto