Há várias maneiras de se reagir frente a um obstáculo, mas quando reagimos de acordo com a Palavra, isto é, de acordo com o desejo de Deus, a vitória é certa.

1. Não reagir aos acontecimentos, mas conhecer as situações que o formaram.

Não se irritar frente a um obstáculo é o que devemos treinar nosso espírito. Não estou dizendo que devemos ter “sangue de barata”. Mas atendendo a Palavra, podemos nos irar, mas devemos não pecar.

Neste relato Josué vai entrar na Terra Prometida, vai tomar trinta e quatro cidades; a primeira foi Jericó e como sabemos eles deram sete voltas, envolta do muro e este caiu pela intervenção de Deus. Deus disse-lhe que de Jericó não tomassem nada, porque havia sido condenada. Entraram em Jericó que era uma cidade muito rica, onde tinha poder e um homem chamado Acã viu alguns objetos e roubou-os. Tomaram Jericó que era grande, populosa e depois veio a segunda batalha, a cidade de Ai, que era pequena e os israelitas foram derrotados.

Josué reage à perda, ao problema, ao acontecimento, se coloca diante de Deus e pergunta: “por que, que foi que aconteceu?, nossos inimigos quando souberem desta derrota virão sobre nós!…” E rasga suas vestiduras. E Deus ensina-o um princípio: Estás reagindo ao problema em vez de ver as coisas que geraram esse problema.

Do mesmo modo quando temos um problema e pedimos a Deus por um milagre, em vez de lhe pedir sabedoria para saber por que se formou esse problema, porque se não resolvo as raízes que formaram o problema, e Deus resolver o problema, depois vou ter outro problema similar. Temos que aprender a não reagir ao acontecimento trágico, mas analisar as condições que geraram o acontecimento. Porque o problema só é resolvido por inteiro quando descubro a raiz do mal, a corto e a arranco. Se oras: “Senhor cancele minha dívida” E Deus cancela-a, mas se não sabes como evitar a dívida, os fatores de desorganização que geraram tua dívida, esses mesmos fatores seguem vivos e vão gerar outra dívida. E há uma quantidade de cristãos que vão atrás dos milagres porque procuram a solução e não é errado procurar o milagre, mas também precisamos ter sabedoria para sentar e analisar por que se formou este problema, que fatores contribuíram para isto.

Tenho que ser honesto e corajoso com Deus, de modo a pedir a Ele que me mostre onde tenho errado e pedir forças e sabedoria para mudar esta atitude errada.

2. Todo obstáculo é um desafio para crescer.

Quando era cadete na AMAN, cantávamos uma canção em todos os Exercícios de Operações. O cântico dizia: – “Ai não posso parar, se paro penso, se penso eu choro”. Todo obstáculo pode deprimir ou pode ser um desafio e você é quem decide o que o problema vai fazer com sua mente: se vai deprimir-te ou vai fazer crescer mais.

É o caso da esposa que descobre que o marido a engana há muitos anos, com várias mulheres. Ela pode se desesperar e deprimir-se ou pode se colocar diante de Deus, baseada na Promessa da Palavra, e pedir sabedoria e força para quebrar o poderio do inimigo na vida de seu esposo.

Para os cristãos, os problemas são oportunidades para crescer, para ser melhor cristão, melhor pessoa, melhor empresário, melhor emocionalmente.

Por que tenho que crescer mais com meu obstáculo? Porque a Bíblia diz que Deus fez tudo formoso em seu tempo: tempo de plantar, tempo de colher, tempo de rir, tempo de chorar. Ou seja, se está acontecendo algo, é porque Deus, que sabe de tudo, está permitindo que aconteça para o meu bem.

Temos que entender o que é o tempo de Deus. Quantos já não falaram “estou esperando o tempo do Senhor” O tempo é quando você está pronto. O tempo de Deus não é cronológico. Por isso temos que crescer, porque quando crescemos estabelecemos o tempo para o receber mais unção. Deus chamou Moisés aos oitenta, Josué aos dezessete. Por que Deus chamou um aos dezessete e outro aos oitenta? Porque Deus não se baseia por tempo cronológico, mas pela atitude do coração, e quando teu coração estiver pronto esse é o tempo. Por isso o quanto antes estiveres pronto, mais rápido vem a bênção, e as bênçãos de Deus em seu tempo são formosas, porque quando Deus te dá algo e estás pronto, podes desfrutar de tudo. Mas quando vem a abundância, a prosperidade, ministério, gente, e teu coração não está pronto, isso se transforma numa maldição.

Precisamos crescer mais que os nossos problemas, porque se não estamos pronto para o que Deus nos der, isto poderá nos destruir. Foi assim com Josué. Quando ele estava pronto, Deus retirou de cena Moisés e Josué liderou o povo.

Uma coisa é estar inchado e outra é estar crescido. Há muitos ex-líderes que dizem “eu fiz”, “eu era”. Às vezes Deus nos dá coisas do nada, mas às vezes Deus nos dá por luta, porque quando recebemos sem ter feito nada, não damos o devido valor, mas quando lutamos sabemos o preço da vitória. Davi saiu de pastor de ovelhas, para milionário, e valorizou. Dizia: “Senhor meu bem está em ti, tudo o que tenho é teu”. Já Salomão subiu-lhe à cabeça sua riqueza porque havia herdado e quando herdas não valorizas o que é de Deus, por isso precisamos crescer mais que nosso problema; se teu problema é grande, teu desafio é crescer mais que teu problema para estar pronto para a bênção que Deus te vai dar.

Se te enganaram, se te desiludiram, tens que crescer e voar acima de teu obstáculo. Há uma necessidade dos céus, uma vontade de Jesus, que sejamos formados em velocidade e resistência. Porque há problemas que são de 100 metros e outros que são de 42 km (maratona). Uns resolveremos rápido, ou seja, agiremos rápido de acordo com a direção de Deus, rápido em se mover, aproveitar as oportunidades que Deus nos dá. Isto é, agir rápido espiritualmente, fazer rapidamente o que Deus revelou perdoar rápido, para permitir que a bênção venha rápido. Outros problemas são como maratona, vão exigir paciência e sabedoria para agirmos.

Há sonhos que se atingem via maratona, temos que ser persistentes, resistentes. Há sonhos grandes que Deus nos vai a dar pouco a pouco; há problemas que vamos vencer também pouco a pouco e há problemas que vamos vencer rapidamente.

Todo obstáculo nos vai desafiar para que cresçamos mais que nosso problema. Quando você se deprimi, teu problema cresceu mais que você; quando você se ofende, teu problema também cresceu mais que você, mas quando você diz: “Tenho um problema, mas sou maior que meu problema, porque tudo posso em Cristo que me fortalece”, você começa a crescer mais que seu problema.

3. Devo descobrir o ponto frágil do problema.

Todo plano do diabo tem uma falha. Jericó teve um ponto frágil, “uma prostituta chamada Raabe”. Satanás levantou um problema, mas sempre haverá uma falha e temos que ter sabedoria para ver onde está a falha, onde podemos intervir. Persistência é mover-se com sabedoria, não é fazer sempre o mesmo. Temos que ser simples como a pomba, mas astutos como a cobra, descobrir o ponto frágil do inimigo e destruir sua obra e para isso precisamos de sabedoria divina.

Jesus nunca curou duas vezes da mesma maneira porque não usou fórmulas, já nós usamos métodos iguais e por isso precisamos de sabedoria e Deus nos dá quando pedimos.

Num dia o povo ia caminhando e chegou a umas águas que estavam amargas, Moisés perguntou a Deus o que devia fazer e Deus lhe respondeu: “corta uma árvore e joga na água” e assim as águas melhoraram. Em outra oportunidade tinha veneno na comida e Eliseu disse: “Tragam farinha”, jogaram na comida e não teve mais perigo. Pedi sabedoria ao Senhor!

Por isso temos que nos desprogramarmos de todas as coisas erradas que nos ensinaram que não funcionam e que continuam enganando ainda muitos da fé. Por exemplo: 1º) “o homem é o cabeça da esposa”. Na Bíblia cabeça não quer dizer líder, mas fonte. De Deus saiu Cristo, de Cristo saiu o homem e do homem saiu a mulher; isto é origem e não hierarquia. Um casal funciona por companheirismo: os dois têm as mesmas liberdades e direitos. Ensinaram-nos que o homem é o cabeça, a mulher é o pescoço, o homem manda, a mulher obedece, em vez de ensinar-nos que os dois são uma união, um mesmo corpo, uma só carne. 2º) “sofrer por Cristo” Se tem um problema “há que sofrer por Cristo” Não é isto! Os problemas têm que ser vencidos e não agüentados. Mesmo havendo problemas mais longos, eu posso através da sabedoria de Deus, começar a vencê-los e romper a fortaleza do diabo. O único sofrimento que a Bíblia fala de sofrer por Cristo é quando, injustamente, sofremos por causa de nossa fé no Senhor Jesus. Mas há sofrimento e há perseguição, que são coisas distintas. Se formos perseguidos, somos bem aventurados, a Palavra nos garante isto. 3º. “tem de ser pobre” Muitos confundem a bem aventurança de ser pobre (humilde) de coração, com ser pobre mesmo. Se pobreza fosse benção, não estava no livro de Deuteronômio na parte das maldições! Se Deus te der abundância será para você ter prazer diante Dele, ser grato a Ele e para você serví-lo também com esta abundância. Não é errado pedir prosperidade, mas lembre-se que provisão vem com visão. Visão e provisão andam juntas. 4º. “sou um pobre miserável”. Sem a misericórdia de Deus, sem a Sua Graça nós realmente somos pobres miseráveis, mas agora nós somos Filhos de Deus, irmãos do Senhor Jesus, Herdeiros de Deus, Co-herdeiros com Cristo. Temos direito a todas as promessas contidas na Palavra. “Tudo que Jesus conquistou na Cruz é direito nosso, é nossa herança” Não somos mais miseráveis, mas somos lavados e remidos, repito remidos, pelo sangue do Cordeiro de Deus. Há um Espírito de Excelência dentro de cada um de nós: o Espírito Santo de Deus.

4. Tenho que ter ânimo.

Em Provérbios lemos que o homem de coração alegre, forte, com ânimo suportará as dificuldades, mas o coração abatido logo cai. Isso é o que satanás quer fazer, avariar teu coração, o angustiar, porque se rouba o teu ânimo, rouba a tua força de lutar. E Satanás quebranta os corações com dor, com ressentimento. Por isto nunca ponhas em teu coração uma conversa que te angustie, porque vai entristecer teu coração; nunca uma palavra que te diminua porque vai te angustiar, e ninguém suporta a pessoa de coração agoniado.

Jesus disse que o semeador saiu a semear e parte da semente caiu nos pedregulhos, mas a raiz não pôde crescer por causa das rochas. As rochas são feridas e ressentimentos. Tens que se livrar destes “destruidores” de coração. Não permitas que as experiências negativas, as palavras ferinas e malignas entrem em teu coração, cuida do teu coração, ninguém deve envenená-lo! Ponha vida, dê vida as coisas boas e positivas, mas não dê vida as coisas negativas e venenosas.

Fique atento aos detalhes e as coisas simples da vida. Moisés ia caminhando e viu uma sarça ardente. Como estava acostumado ao calor do deserto, o que chamou a atenção dele não foi o fogo em si, mas foi o fogo que não consumia a sarça. Quando ele parou para ver este detalhe, Deus falou com ele. Pare para os detalhes de Deus, dê atenção a Ele, pare com a correria do mundo e Deus falará com você.

5. Eu tenho um sonho maior que meus problemas.

Você é o que você sonha. Por isto você tem que ter um sonho maior que você, porque é isto que vai te conservar vivo e lutando. “Não é apenas pensar na Glória e viver o inferno na terra, mas sonhando com a Glória”. Não! Isto não é de Deus. Se te ensinaram isto, jogue fora hoje mesmo!

Deus procura por Filhos e Filhas que tenham a mente aberta para receber sonhos maiores que eles mesmos. Quando o sonho é grande, grande é teu coração. Há Filhos que brigam por bobagem, porque pensam em futilidades, regras de homens e o inimigo usa isto para roubá-los a energia.

Quando José esteve no poço, ele sabia que o poço não era seu sonho. Quando esteve no cárcere, sabia que o cárcere não estava em seu sonho. Quando a mulher o quis agarrar, sabia que o sexo fácil não estava em seu sonho. Em seu sonho estava o governo.

Não tenha medo de ter sonhos grandes. Quando mantemos nosso coração nos sonhos grandes de Deus, Ele vai ativar em nossas vidas os dons e a manifestação. Jesus mesmo disse que aqueles que cressem Nele fariam coisas maiores que Ele.

Eu não estou aqui para te dizer o que você deve ou não fazer, mas para te mostrar coisas que estão dentro do teu coração e que precisam estar alinhadas com a Palavra.

Lembre-se que o poço, o cárcere, a humilhação não é o seu fim.

Está reservado para nós dias melhores, ainda nesta terra, pois o Senhor é a nossa porção na terra dos viventes.

Que Deus te prospere em tudo

Ev. Manoel Valentim