A Record fechou 2016 com um faturamento de R$ 1,8 bilhão. Com o marca, o canal de Edir Macedo se aproximou da soma de SBT, Band e RedeTV!.

[img align=left width=300]http://rd1.com.br/wp-content/uploads/2016/11/LOGO_RECORD_TV-620×574.jpg[/img]O total faturado, no entanto, conta com os recursos que a Igreja Universal do Reino de Deus, de propriedade de Macedo, paga pelo aluguel das madrugadas da rede, segundo o colunista Flávio Ricco.

O SBT aparece na terceira posição com R$ 1,060 bi, enquanto que Band e RedeTV! – que também têm igrejas contribuindo em seus faturamentos – abocanharam R$ 500 mi e R$ 400 mi, respectivamente.

A Globo, primeira colocada, ainda não informou sua receita do ano passado. Porém, a título de comparação, em 2015, o Grupo Globo acumulou um lucro líquido de R$ 3,066 bilhões, o que significou um acréscimo de 30% em relação a 2014 (R$ 2,357 bilhões).

[b]Fonte: RD1[/b]