O premiê de Israel, Ehud Olmert, disse nesta terça-feira que a conferência de Annapolis, em Maryland (EUA), convocada pelos Estadou Unidos para discutir a paz no Oriente Médio, acontecerá na última semana deste mês.

A data exata não foi marcada, em parte porque israelenses e palestinos ainda divergem sobre a agenda a ser tratada durante o encontro. Os dois lados trabalham na formulação de uma carta de intenções para definir um acordo de paz.

A chanceler israelense, Tzipi Livni, disse que a conferência oferece uma chance para a paz com os palestinos, mas frisou que os eventos posteriores terão muita importância no processo.

Olmert afirmou ainda esperar que os EUA convidem a Síria para participar da conferência. “Achamos que a presença da Síria seria muito apropriada. Eu espero que a negociação entre nós e os palestinos inspire um processo similar entre nós e a Síria”, disse Olmert.

As declarações de Olmert foram feitas um dia depois que a secretária de Estado dos Estados Unidos, Condoleezza Rice, manifestou a expectativa de que o acordo de paz fosse assinado ainda na administração de George W. Bush, cujo mandato termina em janeiro de 2009.

Fonte: Folha Online