Para evitar o contágio da gripe H1N1, a Diocese de São José dos Campos decidiu impor regras às igrejas católicas durante o ritual litúrgico das missas. A mudança prevê, entre outras medidas, que sejam suspensos o abraço de paz, o costume de rezar de mãos dadas e a entrega da hóstia na boca dos fiéis – que deve ser entregue nas mãos.

[img align=left width=300]http://s2.glbimg.com/YeMfXKl-SQjZaemLq6fxZ1MB6Ps=/0x0:1700×1065/600×0/smart/filters:strip_icc()/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2014/07/24/matriz_1.jpg[/img]Segundo o comunicado, assinado por Dom José Valmor Cesar, bispo da Diocese de São José, as recomendações, que começaram a ser seguidas no fim de semana, vão até o final do inverno deste ano.

Além das alterações no ritual, a diocese determina ainda que sejam mantidos abertos os locais das celebrações para promover a ventilação dos espaços.

A Diocese de Taubaté também adotou essas medidas contra a gripe H1N1 nas celebrações.

Secretaria da Saúde

De acordo com a Secretaria da Saúde de São José dos Campos foram contabilizados neste ano dois casos de H1N1 e três de H3N2, sem óbito.

No ano passado foram 49 casos confirmados de H1N1, com 11 óbitos, e nenhum caso de H3N2.

[b]Fonte: G1[/b]