Ore por uma solução justa e pacífica para os últimos desentendimentos entre simpatizantes islâmicos e os defensores de uma democracia secular.

Na semana passada, o presidente egípcio, Morsi emitiu um decreto constitucional polêmico que lhe dá ainda mais poder legislativo e blinda suas decisões políticas de qualquer intervenção do poder judicial. Seu novo e surpreendente decreto foi anunciado na última quinta-feira (22), deixando o país em um estado de agitação e revolta.

Desde então, ocorreram confrontos em todo o país entre os partidários do Presidente Morsi, membros da oposição e forças policiais, que em alguns casos tiveram que combater os dois primeiros! Centenas de pessoas ficaram feridas e duas morreram.

Para hoje, 27 de novembro, duas grandes manifestações foram planejadas. Uma perto da Universidade do Cairo para os adeptos e partidários de Morsi e da Irmandade Muçulmana, e a outra na Praça Tahrir, envolvendo todos os partidos e grupos que se opõem ao último decreto de Morsi.

Há um grande receio de que ocorram confrontos entre os dois grupos e, só Deus sabe qual será o resultado disso.

“Nós, cristãos, não temos certeza, assim como a maioria dos egípcios, se devemos assumir o risco de ir trabalhar e dirigir pela cidade, ou se devemos ficar em casa” relatou um cristão egípcio.

“Ontem à noite, visitei um grupo de amigos da igreja. A família vive em um apartamento no 17 º andar, com uma vista impressionante da sua varanda sobre o Nilo e a cidade do Cairo. Viver, dirigir e caminhar entre os 18 milhões de habitantes do Cairo não é fácil, é uma vida intensa, mas ver a cidade de cima é bem diferente e emocionante! Os ruídos que vinham das ruas atingiam meus ouvidos, então eu comecei a chorar pela situação de dor pelas quais passam minha cidade e meu país. ‘Senhor!’ eu orei. ‘Será que o Egito terá paz e tranquilidade algum dia?’

Os confrontos dos dias anteriores, juntamente com as preocupações do amanhã e dos próximos dias, trouxeram dor e agonia do meu coração. Os ventos frios da noite sopraram no meu rosto quando eu levantei os olhos ao céu e orei pelo Egito. Então o Todo-Poderoso me lembrou que o meu auxílio e socorro vêm do Senhor, o Criador dos céus e da terra! Ele sussurrou em meus ouvidos, nos momentos de desespero:

“Aquietai e sabei que eu sou Deus” Salmo 46.10. Carregarei isso comigo, para enfrentar as incertezas do amanhã e dos próximos dias, enquanto durar esta crise no Egito”.

[b]Fonte: Missão Portas Abertas[/b]