O cristão convertido Rahbindra Narzaree foi agredido na semana passada pelos seus vizinhos hindus por se recusar a se “reconverter” ao hinduísmo. O ataque aconteceu na aldeia de Bashbari, distrito de Kokrajhar, Estado de Assam. Rahbindra se converteu há dois anos, depois de se casar com uma cristã da tribo Bodo.

Desde que Rahbindra se converteu, sua família foi isolada pela comunidade local. Sob pressão dos aldeãos hindus, ele se reconverteu ao hinduísmo, mas depois declarou que continuava a ser cristão.

No último conselho da aldeia, os anciãos o pressionaram para que voltasse ao hinduísmo. Entretanto, como ele se recusou, eles o denunciaram. Alguns moradores, armados de paus, atacaram o casal e demoliram parte de sua humilde casa de barro. Marido e mulher fugiram da aldeia e procuraram refúgio na subdelegacia de polícia.

Embora a delegacia local não tenha prendido os responsáveis pelo ataque, foram destacados oficiais para perto da casa do irmão de Rahbindra, a fim de evitar que haja mais violência.

“Mais uma vez isso acontece por obra de grupos fundamentalistas”, declarou Tom Mangattuthazhe, da diocese de Diphu. “Esses grupos alegam que as tribos indígenas do nordeste da Índia são todas hindus. Mas isso não é verdade. A estratégia deles é jogar uma comunidade contra a outra sobre questões irrelevantes, de modo que possam controlá-las melhor.”

Fonte: Portas Abertas