Mulher orando
Mulher orando

A oração é uma das atividades mais comuns do cristão, não apenas por ser um ensino bíblico indispensável para a vida espiritual, mas também por constituir o nosso principal meio de contato com o próprio Deus, algo conquistado graças ao sacrifício de Jesus Cristo na cruz.

Todavia, segundo pastor Greg Laurie, líder da Igreja Harvest Christian Fellowship em Riverside, na Califórnia, estamos deixando de orar e isso pode nos trazer sérias consequências, alerta o ministro:

“Como cristãos, não queremos quebrar os mandamentos de Deus, pois seria cometer pecados de comissão. Mas também podemos ser culpados pelo pecado da omissão, quando não fazemos o que deveríamos”, disse ele, segundo o The Christian Post.

Para o pastor Greg a oração é um convite ao Senhor, não uma informação. O cristão deve colocar suas petições diante de Deus para Ele seja faça parte da nossa vida, especialmente das situações que temos dificuldades:

“A oração não informa a Deus; a oração convida a Deus. Quando eu clamo ao Senhor e ofereço minha petição, não estou informando a Deus sobre algo que Ele não sabe. Pelo contrário, estou convidando Deus para os meus problemas”, disse o pastor.

Conexão com Deus

O pastor ressaltou a importância de orar em acordo com outras pessoas. Ele citou a passagem de Mateus 18:19 como fundamento: “Não há dúvidas disso: há poder na oração unificada”, disse ele.

O valor da oração é que me mantém em contato com Deus. Quando as pessoas me pedem para orar por elas, eu sempre tento fazer isso imediatamente para não esquecer. Quando os cristãos estão enfrentando uma crise e pedem oração, é algo bom de ser feito”, disse ele.

Greg exemplificou que se Jesus Cristo, o próprio Filho de Deus, vivia orando a todo momento, nós temos ainda mais necessidade disso. Através de Cristo sabemos o quanto é importante a prática da oração.

Além disso, o pastor ensinou que algumas vezes os problemas acontecem em nossa vida como forma de nos aproximar de Deus. Não porque seja esta a vontade do Senhor, mas porque Ele permite tais acontecimentos em resposta à nossa teimosia:

“Deus permite que essas coisas aconteçam em nossas vidas para nos manter dependentes Dele. Nós o chamamos porque precisamos da ajuda Dele. Deus fará Sua parte. Mas se estamos tirando a nossa mão da mão Dele, isso é um problema. Deus está te segurando, mas você está se apegando a Deus?”, questiona o pastor.

Fonte: Gospel +