Autoridades cubanas prometeram ao segundo homem mais importante do Vaticano que abrirão mais a mídia local para a Igreja, informou a agência católica de notícias SIR nesta terça-feira.

As autoridades haviam prometido “maior abertura na mídia escrita e no rádio, e em certos casos excepcionais, até mesmo na televisão”, informou a SIR citando o secretário de Estado do Vaticano, Tarcisio Bertone, com informações de um correspondente no local.

“Sempre começa com promessas, mas esperamos alguma abertura, porque nada é impossível”, afirmou Bertone, que está em viagem a Cuba, à agência.

Bertone se encontrará com o novo presidente de Cuba, Raúl Castro, nesta terça-feira. O recém-eleito presidente deve abrir a economia cubana levemente, mas prometeu continuar com o socialismo e consultar o irmão e ex-presidente Fidel em alguns casos importantes.

Fonte: Reuters