Um culto ecumênico reuniu 300 pessoas, nesta terça-feira (5), em Agra dos Reis para homenagear às vítimas dos deslizamentos que atingiram a cidade na madrugada da última sexta (1º), resultando na morte de pelo menos 52 pessoas.

A cerimônia foi realizada às 18h, no saguão da prefeitura, e contou com a participação de diversos líderes religiosos da cidade. Da Igreja Católica, participaram os padres Gilberto e Ricardo e o frei Alonso. Dos evangélicos, o culto contou com a presença dos pastores Sóstenes Silva e Josias Martins Ferreira. Do Conselho Espírita de Unificação da Costa Verde, Rosângela Abreu. A primeira-dama do município, Alessandra Jordão, também participou do evento.

O vice-prefeito Essiomar Gomes, representando o prefeito Tuca Jordão, que estava em uma reunião no Rio de Janeiro com o governador Sérgio Cabral, falou dos seus sentimentos de pesar às famílias das vítimas e da união dos esforços de todos para ajudar a reerguer a cidade. “Precisamos levantar a cabeça para dar palavras de conforto aos moradores da Carioca e do Bananal”, disse Gomes.

A prefeitura cancelou as comemorações pelo aniversário de 508 anos da cidade devido à tragédia. Estão cancelados o tradicional bolo que é cortado em frente ao Paço Municipal na noite do dia 5 para o dia 6, a queima de fogos e as apresentações de grupos folclóricos, em especial as folias de Reis –grupos de violeiros que entoam versos saudando a visita dos Reis Magos ao menino Jesus.

Fonte: Folha Online