O Tribunal de Justiça de São Paulo negou liminar aos fundadores da Igreja Renascer em Cristo – o apóstolo Estevam Hernandes Filho e sua mulher, Sônia Haddad Moraes Hernandes. O casal foi denunciado pelo Ministério Público por lavagem de dinheiro, estelionato e falsidade ideológica. O casal e outros réus haviam pedido ao TJ paulista, a rejeição da denúncia.

A decisão foi do desembargador, Ubiratan de Arruda, da 9ª Câmara Criminal. O mérito ainda será apreciado por uma turma julgadora. Além da denúncia, a Promotoria pediu à Justiça a decretação da prisão preventiva, mas esse pedido foi rejeitado pela Justiça. Com isso, fica mantida a decisão do juiz titular da 1ª Vara Criminal de São Paulo, Paulo Antônio Rossi, que determinou o bloqueio de cerca de R$ 46 milhões e de outros bens dos acusados.

O bloqueio de bens também atingiu outras duas pessoas ligadas à entidade, o bispo Antônio Carlos Ayres Abbud e seu irmão, Ricardo Abbud. Leonardo Abbud também foi denunciado. O despacho proíbe a movimentação de oito contas bancárias das empresas Colégio Gamaliel e Publicações Gamaliel – abertas em nome do casal Hernandes e cuja movimentação registrada entre 2000 e 2003 apontou um montante de R$ 46,4 milhões.

Com a decisão, também fica bloqueada a mansão de Estevam Hernandes em Boca Ratón, no litoral da Flórida avaliada em US$ 465 mil, uma fazenda de 45 hectares em Mairinque, a 70 quilômetros de São Paulo, comprada pela Igreja em 2001 por R$ 1,8 milhão e outra área rural, localizada em São Roque.

Investigação

De acordo com a denúncia, a Fundação Renascer atuava como organização criminosa. A entidade é acusada pela formação de uma rede de empresas que se dedicam a movimentar o dinheiro angariado por meio de estelionato ou doações de fiéis feitas diante de todo tipo de promessa.

Os acusados atuavam com estrutura hierárquica do tipo piramidal. Na posição de chefes estava o casal Hernandes. Como subchefes apareceriam Leonardo Abbud, Antonio Carlos Ayres Abbud e Ricardo Abbud. Abaixo deles apareceriam os gerentes, que seriam bispos da Igreja. Estes recebiam as ordens da cúpula e as repassavam aos “aviões”.

Eventualmente, os gerentes serviam com “testas de ferro” ou “laranjas”. Já os “aviões” são pessoas com alguma qualificação responsável pela execução de tarefas. Ao final, o Ministério Público concluiu que A Igreja Apostólica Renascer em Cristo tem 1,5 mil templos no Brasil. Fundada em 1986, ela é isenta de pagar Imposto de Renda por ser entidade filantrópica e sem fins lucrativos.

Defesa da Renascer estranha veiculação de detalhes sobre decisão

O advogado da Igreja Renascer, Luiz Flávio Borges D´Urso, afirmou na tarde desta segunda-feira (4/9), à reportagem de Última Instância, que não poderá se manifestar a respeito da decisão da 1ª Vara de Justiça Criminal de São Paulo.

De acordo com D´Urso, o caso corre, por determinação do juiz Paulo Antônio Rossi, em segredo de justiça. O advogado, que também é presidente da seccional paulista da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), disse que nem ele nem o promotor do caso, Marcelo Mendroni, poderiam dar qualquer manifestração em torno da decisão.

D´Urso disse ter estranhado o fato de Mendroni conceder esta tarde uma entrevista coletiva sobre o assunto. “Tudo o que posso dizer é que as informações constantes do processo terão demonstradas sua improcedência”.

O juiz Paulo Antônio Rossi, da 1ª Vara de Justiça Criminal de São Paulo, aceitou denúncia do Ministério Público e determinou o bloqueio dos bens dos fundadores da Igreja Renascer, Estevam Hernandes Filho, conhecido como “apóstolo”, e sua esposa, Sonia Haddad Moraes Hernandes, conhecida como “bispa” Sonia. Eles vão responder a ação penal por prática de crimes de lavagem de dinheiro ou ocultação de bens, previstos no artigo 1º inciso VII da Lei 9.613/98.

Revista Época

Em maio de 2002, a revista Época publicou duas reportagens consecutivas, com destaque de capa, onde algumas matérias apresentam denúncias contra Estevam Hernandes Filho e Sônia Hernandes.

Nos textos, eram descritos o relatos de ex-fiéis e ex-pastores da organização, onde seriam apresentadas provas de que estes haviam sido usados pelas lideranças da igreja para emprestar dinheiro, onde teriam sido posteriormente ludibriados, ao entraram como avalistas para empréstimos financeiros para compra de propriedades e edifícios, correndo depois o risco de perder seu patrimônio pessoal.

A revista apresentava também nos seus textos, em contraste, algumas evidências de que Estevam e Sonia detinham propriedades, tais como uma fazenda em São Paulo e uma casa nos Estados Unidos, que somavam a quantia de 2,97 milhões de reais, colocando a questão sobre se haveria necessidade ou não de contrair empréstimos para a compra de propriedades e prédios. Na ocasião, o casal respondia na justiça a 51 processos onde estavam envolvidos, em valores monetários, cerca de doze milhões de reais.

O caso foi posteriormente encerrado pela justiça, com a imposição do pagamento de indenizações à igreja e a Estevam e Sônia Hernandes.

Estevam Hernandes

Estevam Hernandes Filho, nascido em São Paulo, em 22 de março de 1954, é um ministro protestante de linha neopentecostal, líder da Igreja Apostólica Renascer em Cristo.

É casado com Sônia Hernandes, bispa da mesma igreja, e pai de três filhos, Fernanda, Gabriel e Filipe.

Antes de fundar a Igreja Renascer, trabalhou na área de marketing em empresas como Itautec e Xerox. No fim dos anos 80, Hernandes e sua família deixaram a antiga denominação evangélica da qual faziam parte e começaram a organizar reuniões informais com famílias amigas, o que mais tarde se tornaria uma das mais populares igrejas evangélicas do Brasil, contanto atualmente com mais de mil templos, emissoras radiofônicas como a Gospel FM e uma rede de televisão (Rede Gospel).

Trouxe para o Brasil a Marcha para Jesus, que hoje leva às ruas de São Paulo cerca de 3 milhões de pessoas e acontece também nas principais cidades do Brasil. Está à frente de várias obras assistenciais pela Fundação Renascer, em todas as Igrejas Renascer por todo o Brasil e no mundo.

Sônia Hernandes

Sônia Haddad Morais Hernandes (São Paulo, 28 de novembro de 1959), considerada por alguns como uma das maiores autoridades protestantes de linha neopentecostal no mundo, líder da Igreja Apóstolica Renascer em Cristo.

É casada com Estevam Hernandes, auto-denominado de apóstolo, da mesma igreja, e mãe de três filhos, Fernanda, Gabriel e Filipe.

Nascida numa família de classe média, trabalhou no ramo de confecção de roupas. Em finais da década de 80, ela e sua família deixaram a antiga denominação evangélica da qual faziam parte e começaram a organizar reuniões informais com famílias amigas, o que mais tarde se tornaria uma das mais populares igrejas evangélicas do Brasil, contanto atualmente com mais de mil templos, emissoras radiofônicas, tais como a Gospel FM e uma rede de televisão (Rede Gospel).

Fonte: Estadão, Enciclopédia Wikipédia e Última Instância