A polícia do Canadá deteve os líderes de duas comunidades onde é praticada a poligamia. As detenções aconteceram em Bountiful, uma pequena localidade muito próxima dos Estados Unidos.

Winston Blackmore é acusado de ter casado com 20 mulheres. O homem lidera um grupo qu
e se separou da igreja fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, uma seita norte-americana que também pratica a poligamia.

O outro homem é James Oler, o chefe de um grupo que permanece integrado na igreja original e que é acusado de ter duas mulheres.

Os dois homens poderão ser condenados a cinco anos de prisão.

Fonte: TVI – Portugal