A IURD é a única ligação do atual governo com os evangélicos, tendo apoio do PRB, partido ligado à Igreja Universal.

O Templo de Salomão será inaugurado no dia 31 de julho. Para este culto inaugural está confirmada a participação de diversas autoridades políticas, inclusive a da presidente Dilma Rousseff.

O megatemplo está localizado no bairro do Brás, zona leste da capital paulista, tendo espaço para receber 10 mil pessoas.

[img align=left width=300]http://noticias.gospelprime.com.br/files/2014/05/dilma-rousseff-e-edir-macedo-248×200.jpg[/img]Construído em um terreno de 70.000 m², o Templo de Salomão é uma réplica do templo construído por duas vezes em Jerusalém. Toda a construção usou bases bíblicas e o valor da obra ultrapassa R$ 413 milhões.

Para o jornalista Lauro Jardim, da Veja, a Igreja Universal do Reino de Deus é a única ligação que a presidente tem com os evangélicos. O PRB (Partido Republicano Brasileiro), formado por muitos pastores e bispos da IURD, faz parte da base do governo e deve apoiar a reeleição da presidente.

A inauguração do Templo de Salomão deve agitar os fiéis da denominação, não só de São Paulo, mas de todo o país e nos mais de 180 países. A participação nos primeiros cultos está organizada pela denominação que irá fazer caravanas para que não haja tumulto na entrada no templo.

Além de controlar a visita, a Igreja Universal também lançou uma cartilha com regras para os visitantes. No vídeo divulgado pela igreja é falado sobre as vestimentas que são proibidas, sobre o uso de aparelhos celulares e eletrônicos que está vetado, sobre a vistoria que será feita em todos os que quiserem adentrar o templo.

[b]Fonte: Gospel Prime[/b]