Na sexta-feira, 13 de novembro, 59 cristãos no Paquistão receberam boas notícias depois que a organização “Life for All” (Vida para todos), se mobilizou para devolver a vida dessas pessoas.

Os cristãos presos, que eram de várias cadeias do Paquistão, receberam a notícia de sua libertação devido ao trabalho de Rizwan Paul, diretor da “Life for All”, que apresentou uma petição ao presidente do país, Asif Ali Zardari, para que esses cristãos fossem perdoados das “acusações falsas de que teriam cometido pequenos crimes”.

O presidente revisou a petição e pediu pela libertação dos prisioneiros. Ele também prometeu revisar os casos de outros presos.

Agora que estão livres, podem viver normalmente.

Representantes da “Life for All” estavam presentes nas diferentes prisões para receber os cristãos. Eles levaram os documentos e os entregaram para os familiares.

No entanto, ainda existem mais de 2.500 presos em detenções em todo o país, que não podem pagar por assistência legal para que sejam soltos.

Fonte: Missão Portas Abertas