Rodrigo Andrade, ex-ator da Globo, assina com a Record TV
Rodrigo Andrade, ex-ator da Globo, assina com a Record TV

Rodrigo Andrade, ex-galã da TV Globo, vai voltar às telinhas na pele de um importante personagem da história da Bíblia. O artista, que era um dos atores principais de “Êta Mundo Bom”, exibido em 2016 pela Globo, interpretará o apóstolo Simão na Record TV.

O ator de 34 anos tinha começado a ler a Bíblia, que ganhara de um pastor norte-americano em um momento difícil de saúde, e conversava com a mulher sobre uma passagem do livro quando o telefone tocou. Era um produtor de elenco da Record com uma proposta de trabalho.

De acordo com Rodrigo, o convite veio em um momento ideal para a sua vida. Com uma história emocionante, o ator falou que, por conta de sua religião, sua vida mudou.

“No final do ano passado, eu estava nos Estados Unidos e fiquei doente, de cama. Tive faringite, rinite, sinusite, dor de cabeça, passava muito mal. E não sarava, achei que tinha um cunho espiritual. Procurei um centro espírita, mas quando cheguei lá ele não existia, no endereço tinha uma igreja evangélica”, relata.

“O pastor foi muito legal comigo, me deu uma Bíblia e mandou ler o Evangelho de João, se eu achasse bacana. Achei interessante e logo comecei a ler os outros evangelhos. Voltei pro Brasil e estava um dia conversando com minha mulher sobre algumas passagens quando tocou o telefone com o convite da Record”, lembra.

Apesar de não se considerar evangélico ou seguidor de qualquer religião, Andrade afirma que é muito ligado a Deus e logo entendeu que não poderia deixar de fazer esse trabalho. “Estava tudo direcionando pra isso. Não deixa de ser um sinal. É um momento da minha vida em que eu já estava buscando uma espiritualidade maior, queria desacelerar um pouco, ficar em paz comigo mesmo”, conta.

O ator já começou a se preparar para o personagem, que será seu primeiro trabalho na Record. Antes de ser escalado para viver Simão, o ator chegou a pedir papel para Walcyr Carrasco em O Outro Lado do Paraíso (2017).

“Eu queria fazer um cabeleireiro gay, simples, com cenas de barraco, comédia. Liguei para ele, falei: ‘Walcyr, deixa eu fazer esse personagem’. Mas já estava com o Fábio Lago [que viveu o personagem Nicácio]”, explica.

Na Globo, Andrade fez sete novelas, a maioria escrita por Walcyr Carrasco: Caras e Bocas (2009), Gabriela (2012), Amor à Vida (2013) e Eta Mundo Bom! (2016).

Além de Simão, que deve interpretar até dezembro na Record, ele sonha em interpretar dois tipos de personagens na carreira. “Tenho muita vontade de fazer um travesti, numa história mais séria. E um esquizofrênico também. Vou fazer, nem que eu tenha que escrever uma peça, eu faço”, promete.

Fonte: Notícias da TV – UOL