O encontro da ONU “Fé no Futuro” debateu formas de grupos religiosos contribuírem para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Reunindo 24 tradições religiosas de todo o mundo, representantes das Nações Unidas, Banco Mundial, The Nature Conservancy, World Wildlife Fund (WWF) e governos da França e da Alemanha, o evento, que teve início nesta terça-feira (08) em Bristol, Inglaterra, abordou maneiras de ajudar as pessoas a saírem da pobreza e a construção de um planeta sustentável.

[img align=left width=300]http://nacoesunidas.org/wp-content/uploads/2015/06/unaids-discriminacaozero.jpg[/img]As religiões formam a maior entidade organizada da sociedade civil e são os principais prestadores de serviços de saúde, educação e assistência mundiais. Nessa reunião, os líderes se comprometem em favor do desenvolvimento sustentável pelos próximos 10 anos por meio dos Compromissos de Bristol.

Os 17 ODS serão adotados pelos Estados-membros da ONU na Cúpula de Desenvolvimento Sustentável, no dia 25 de setembro, em Nova York. As metas traçadas substituirão os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

“Durante as negociações para pós-2015, governos e sociedade civil trabalharam juntos por uma agenda comum, de forma a dar lugar a uma mudança transformadora. As comunidades religiosas do mundo desempenharão importante papel na implementação da nova agenda, mobilizando pessoas pelo mundo para que apoiem o alcance dos 17 ODS até 2030”, afirmou o diretor do Grupo Pós-2015 do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Paul Ladd.

[b]Fonte: ONU[/b]