Bispos de todo país participam de curso em Jaboatão dos Guararapes. Utilização de redes sociais para divulgar palavra de Jesus é uma das metas.

Até a próxima sexta-feira (8), 60 bispos católicos de todo o país se reúnem em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, para fazer um curso de comunicação. Através de oficinas e palestras, os religiosos aprendem como usar as redes sociais para deixar a Igreja Católica mais próxima dos fiéis.

O encontro começou na segunda-feira (4). A Igreja quer usar todos os meios para chegar aos fiéis. Por isso, até o Papa Francisco usa atualmente o Twitter como instrumento de evangelização. Para isso, é preciso estar atualizado e compreender como funcionam as ferramentas disponíveis atualmente. “Vamos aproveitar para aprimorar um pouco mais os nossos conhecimentos a respeito de comunicação”, aponta o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido.

“O conhecimento da rede é essencial”, defende o cardeal Dom Raymundo Damasceno, presidente da Conferência Nacional dos Bispos (CNBB). “Nós estamos realizando esse curso para fornecer aos bispos um conhecimento maior desse mundo digital, né? Desse espaço, digamos assim, cibernético, para que eles possam utilizar também, cada um na sua diocese e estimular os padres também a utilizar os meios de comunicação nas suas paróquias”, aponta o cardeal.

Como 45% dos internautas têm menos de 25 anos, Dom Claudio Maria Cerlli, prefeito do Pontifício Conselho para as Comunicações do Vaticano, defende que a rede seja utilizada com mais frequência. “A grande preocupação da Igreja é como fazer com que a palavra de Jesus ecoe também neste ambiente. E por quê? Porque muitos daqueles que frequentam as redes sociais talvez nunca entrem numa igreja. Mas também eles têm o direito de conhecer o que Jesus diz. Esse é o grande desafio que a igreja quer acolher hoje. A possibilidade de fazer com que o evangelho e Jesus sejam aceitos também numa rede social”, pondera.

[b]Fonte: G1
[/b]