Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara diz que cantor vendeu mais de 1,5 milhão de cópias da música ‘Sozinho’ por ter sido ‘ungido’ pelo diabo.

Em um novo vídeo publicado ontem (9) na internet, o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Marco Feliciano (PSC-SP) diz que Caetano Veloso vendeu 1,5 milhão de cópias de um CD por ter sido “tocado” pelo diabo.

Feliciano diz que, apesar de outros cantores já terem interpretado a canção “Sozinho”, principal música do CD em questão, apenas a versão de Caetano teria sido um sucesso de vendas em 1998.

“Alguns anos atrás, um cidadão sentado em um banquinho, fazendo um show com uma viola, cantou uma música cujo nome é ‘Sozinho’e em uma semana e meia vendeu 1 milhão de cópias. O pessoal da mídia foi rastrear a música e descobriram que Sandra de Sá gravou a música e Tim Maia também, e ninguém canta melhor que os dois”, disse Feliciano, em um culto sem data divulgada.

Segundo pastor, em entrevista, o cantor disse que suas músicas fazem sucesso porque são abençoadas pelo diabo. “Caetano disse ‘é simples. O meu segredo é Mãe Menininha do Patuá (sic), antes de gravar eu levo pra ela e canto pra ela. Ela, possuída pelos orixás, diz assim: pode gravar que eu abençoo” contou para a plateia. “Você entendeu ou não? Não subestime o diabo porque ele tem poder”, explicou.

O pastor faz referência à Mãe Menininha do Gantois, mãe-de-santo famosa na Bahia, que morreu em 1986, 12 anos antes do sucesso de “Sozinho” na voz de Caetano.

[b]Fonte: Último Segundo[/b]