O engenheiro civil e presidente regional do Ibape (Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia), Eduardo Aleixo, deve visitar hoje a obra da Igreja Universal do Reino de Deus, localizada em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

Ele será o responsável pelo laudo técnico que irá indicar se as rachaduras de residências próximas do local foram causadas pelo trabalho de compactação do terreno, conforme afirmam moradores da região.

Aleixo explica que participa hoje de uma reunião no Crea/MS (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Mato Grosso do Sul) para definir os detalhes do estudo que será feito. Ele esclarece que tem 20 dias para avaliar a situação, entretanto, acredita que o laudo fique pronto na próxima semana.

Moradores afirmam que começaram a surgir rachaduras nas casas em decorrência do trabalho de compactação do terreno do templo. Eles elaboraram um abaixo-assinado que motivou vistoria de técnicos do Crea/MS ao local, feita semana passada.

Fonte: Campo Grande News