A Organização da Conferência Islâmica (OCI), principal instituição muçulmana mundial, disse neste domingo que os recentes incidentes na Esplanada das Mesquitas constituem uma linha vermelha que pode ter repercussões perigosas.

Em um comunicado oficial, a OCI fez a advertência em uma reunião urgente dos ministros de Exteriores de seu Comitê Executivo em Jidá, na Arábia Saudita, para analisar os episódios ocorridos em Jerusalém na semana passada, segundo o site do organismo muçulmano.

Na nota, a OCI reiterou seu firme respaldo à postura palestina, “baseada no apego ao direito à soberania dos territórios palestinos ocupados em 1967, incluindo Jerusalém Oriental”, e rejeitou qualquer tentativa de minimizar.

Rejeitou ainda as violações israelenses e qualquer tentativa de mudar a situação na cidade.

Fonte: EFE