O jornalista e escritor alemão Günter Wallraff quer recitar trechos do livro “Versos Satânicos” de Salman Rushdie em uma mesquita de Colônia, na Alemanha, em nome da integração dos muçulmanos no país.

O projeto, criticado pela associação turco-islâmica Ditib local, rende ameaças ao escritor, que está sob proteção policial.

Wallraff, que ficou conhecido como jornalista investigativo depois de escrever livros sobre sua experiência como redator do Bild Zeitung, não está disposto a renunciar à idéia.

No final de outubro, o escritor pretende obter com líderes religiosos na Turquia o apoio necessário a seu projeto de reduzir o preconceito contra os muçulmanos na Alemanha. Segundo o autor, a comunidade turca teria lhe expressado apoio.

Pela proposta de recitar os “Versos Satânicos”, livro que levou as autoridades religiosas iranianas a pedir o assassinato de seu autor, Wallraff recebe ameaças por meio de um site islâmico fundamentalista e de telefonemas anônimos e há semanas recebe proteção policial.

Fonte: UOL