O Partido Socialista espanhol (PSOE) estaria se preparando, em seu programa eleitoral para as eleições de 2008, a incluir uma “revisão da concordata” com a Igreja Católica, segundo afirmações dos jornais conservadores “El Mundo” e “La Razón”, em suas edições desta segunda-feira.

De acordo com o “El Mundo”, embora não haja ainda “nenhuma decisão” definitiva a esse respeito, as comissões que estão preparando a plataforma eleitoral estariam examinando propostas do “setor mais laico”, para “incluir no programa, uma revisão dos acordos firmados com o Vaticano, em janeiro de 1979, assim como a revisão da Lei sobre a liberdade religiosa, aprovada em 1980”.

O “La Razón” afirma que, o que estaria em discussão seria um aprofundamento em termos de pluralismo religioso, e também no que diz respeito ao papel da Igreja nas forças armadas, assim como sua presença nos atos protocolares do Estado.

Num editorial intitulado “O laicismo adolescente”, o “La Razón” denuncia as novas presumíveis intenções do PSOE, definindo-as como um “progressismo de salão”, que poderá caracterizar a nova legislatura.

O jornal recorda que a atual legislatura será recordada pela Lei sobre a memória histórica.

Fonte: Rádio Vaticano