Doze estudantes que freqüentam a Heritage High School em Vancouver, no Canadá, foram suspensos na semana passada por orarem dentro da escola. Dez foram suspensos por dez dias, sendo que dois foram suspensos por um dia. O grupo agora busca apoio da justiça.

“Essa situação mostra a ignorância das autoridades dessa escola em relação aos direitos constitucionais dos estudantes”, disse Anita L. Stave, presidente do Conselho de Liberdade, uma organização política educacional não lucrativa dedicada ao avanço da liberdade religiosa.

De acordo com a declaração do grupo, os estudantes que foram afetados tinham se reunido há poucas semanas para iniciar uma reunião de oração. Mas essa reunião foi recusada pelo vice-presidente da escola, Alex Otoupal, que explicou que eles não poderiam se reunir em particular.

Essas pessoas, que se encontravam há duas semanas pela manhã, decidiram orar junto à lanchonete da escola, onde um suposto satanista reclamou à diretoria. A área é conhecida por ser bem movimentada, e as reuniões de oração iriam atrapalhar.

O grupo então foi instruído pelo vice-reitor a orar do lado de fora em vez de orarem junto à lanchonete. Entretanto, os estudantes insistiram em permanecer por lá, resultando na suspensão.

“É lamentável que a escola tenha permitido que um satanista calasse a voz de outros alunos”, disse Anita.

Ela também ressaltou que “muitos desses estudantes que foram suspensos são imigrantes da Rússia. Devemos mostrar que a América do Norte ainda é a terra da liberdade. As autoridades dessa escola devem imediatamente cancelar essa suspensão”.

Foram passadas informações aos estudantes sobre seus direitos e responsabilidades em relação a orarem na escola antes das suspensões. Eles podiam orar na escola desde que tivessem um conselheiro no clube.

“O problema não é orar”, explicou Ann Sosky, diretora da escola em Oregonian. “Eles podem orar, mas devem seguir os procedimentos internos”.

Os doze estudantes serão assistidos pelo Conselho Jurídico na tentativa de resolver a questão.

Fonte: Portas Aabertas