Um levantamento do Sistema de Informação para a Infância e Adolescência (Sipia) aponta que os pais estão entre os principais denunciados como violadores dos direitos das crianças e adolescentes no Brasil.

O sistema é mantido pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH), com apoio do Ministério da Justiça e do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).

Segundo o relatório, foram registradas 207.079 denúncias de violação por parte da mãe, seguido por 182.167 ocorrências de violação provocada pelo pai. Os dados foram colhidos entre o dia 1º de janeiro de 1999 e 23 de abril de 2008.

A escola é apontada como a terceira principal responsável pela violação, com 31.907 registros. Em seguida, vêm as creches, com 30.442 registros.

O padrasto (17.376), organizações de assistência social (13,456) e os avós (10.354) também aparecem no topo da lista.

As informações foram obtidas em vários conselhos tutelares de 21 Estados e do Distrito Federal (DF).

Fonte: Terra