O movimento de sacerdotes casados, fundado em julho passado nos Estados Unidos pelo monsenhor Emmanuel Milingo, celebrará um novo Congresso entre os dias 8 e 10 de dezembro próximos em Nova York.

Milingo, bispo africano conhecido por seus dotes de cantor e exorcista se casou com uma acupunturista coreana segundo foi excomungado há meses pela Santa Sé depois de ter nomeado bispos quatro sacerdotes casados norte-americanos.

No Congresso está prevista a participação de cerca de mil de sacerdotes casados, com suas esposas, procedentes de todas as partes do mundo.

“Foram convidados vários líderes e membros de vários grupos e associações de sacerdotes casados presentes em vários continentes para discutir teologia dos sacerdotes casados e de sua união para trabalhar juntos e construir um projeto de amor baseado na família”, explicou Dom Giuseppe Serrone, da associação nacional italiana Sacerdotes trabalhadores casados.

Segundo ele, no Congresso “muitos participantes renovarão também suas promessas matrimoniais como sacerdotes casados e alguns homens casados serão nomeados diáconos e sacerdotes”.

Fonte: ANSA