Há indícios de que o acusado tentou abusar também do irmão da menina, de apenas cinco anos de idade.

A Polícia Civil de Campina Grande prendeu nesta sexta-feira (16) um homem acusado de abusar sexualmente de uma menina de 10 anos. O mandado de prisão, expedido pela 2ª Vara Criminal, foi cumprido por policiais da Delegacia de Infância e Juventude (DIJ) e da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Infância e a Juventude (DRCIJ).

De acordo com a delegada Nercília Dantas, o acusado tem estreita relação de amizade com a mãe da vítima, a ponto de algumas vezes ficar com a guarda temporária da menina. “A mãe confiava muito nele, pois eles fazem parte da mesma igreja. Às vezes, quando ela precisava sair, deixava o acusado tomando conta da criança. Então, ele se aproveitou dessa situação para abusar sexualmente dela”, explicou.

A Polícia Civil já vinha investigando o caso há cerca de dois meses. Conforme informações apuradas pela polícia, há indícios de que o acusado tentou abusar também do irmão da menina, de apenas cinco anos de idade. “Ele teria exibido vídeos pornográficos a esse menino. Nós estamos aprofundando as investigações sobre essa acusação, mas o abuso à menina foi confirmado pelos exames periciais que solicitamos”, relatou a delegada Alba Tânia, da DRCIJ. Ainda segundo a delegada, o acusado abusava a menina, introduzindo o pênis no ânus da menor de idade. “Isso já acontecia há algum tempo, mas só agora ela teve coragem de falar. Ele alisava sua vagina e introduzia o pênis no ânus”, concluiu.

O suspeito foi preso no bairro de Bodocongó, onde mora. Ele já está na Penitenciária Padrão de Campina Grande, unidade prisional que abriga presos provisórios, aguardando as convocações para ser ouvido pela justiça.

[b]Fonte: Araruna online[/b]