O pastor de uma igreja evangélica denominada Voz de Cristo foi preso por distribuir folhetos antigays durante o festival gay Mardis Gras no País de Gales.

Ativistas que estavam no local denunciaram à polícia o religioso, que entregava folhetos citando passagens bíblicas condenando homossexuais.

Stephen Green, de 55 anos, foi interrogado e depois preso por violação da liberdade de expressão e ofensa, e permancerá detido até julgamento no dia 28 de setembro.

Fonte: Terra