A pequena cidade de Sacramento, em Minas Gerais, está revoltada com os evangélicos.

Na quinta-feira (17), um jovem de 20 anos invadiu a Igreja da Nossa Senhora do Patrocínio do Santíssimo Sacramento e destruiu dez imagens de santos.

[img align=left width=300]http://noticias.gospelprime.com.br/files/2014/07/xsanta-quebrada-320×168.jpg.pagespeed.ic.pQtwdmfYK8.webp[/img]Entre elas estava uma estátua da padroeira da cidade, Nossa Senhora do Patrocínio do Santíssimo Sacramento, que fora tombada pelo Patrimônio Histórico Municipal.

A denúncia de que homens invadiram a igreja chegou até a Polícia Militar, que designou uma patrulha para atender a ocorrência. No local, apreendeu M.R.D., natural do Rio de Janeiro, destruindo uma imagem na igreja matriz. Segundo a polícia, outra pessoa ajudou na destruição, mas conseguiu fugir antes da chegada da equipe. Ele está sendo procurado.

Na delegacia, o jovem justificou que cometeu o crime por ser evangélico e que a idolatria às imagens “não ser condizente ao seu credo”. Explicou ainda que estava de passagem pela cidade, voltando para Uberlândia, onde reside. M.R.D, foi preso em flagrante e responderá por dano qualificado.

O responsável pela igreja, padre Sérgio Márcio de Oliveira, lamentou o ocorrido. “A maioria das imagens destruídas tinha mais de 100 anos”, explica. A imagem de Nossa Senhora Aparecida data de 1857, é a única no mundo feita em madeira. O padre conta que ela seria coroada numa cerimônia no Vaticano pelo Papa Francisco.

Além das estátuas, o acusado quebrou cadeiras do presbitério e do altar, além de vidraças. Os católicos do município estão indignados.

[b]Fonte: Gospel Prime com informações de GCN[/b]