Um grupo de evangelistas do ministério Voz de Salém foi agredido por fundamentalisas muçulmanos na vila Mullakkudi, próxima a Thekkadi, no distrito de Idukki, em Kerala, no dia 24 de março.

Os evangelisas Satheesh Kumar, George Thomas e Kunjumon Mani estavam organizando um encontro evangelístico de rua depois de visitar algumas casas e evangelizar algumas pessoas no período da manhã. De repente um grupo de fundamentalistas provocou uma discussão e começou a agredi-los.

Os evangelistas usavam um megafone para difundir a mensagem do evangelho ao público. Porém, os extremistas destruíram totalmente o aparelho e o atiraram no rio Periyar junto com panfletos, livros e Bíblias.

Recentemente alguns jovens se converteram e se juntaram aos evangelistas para distribuir folhetos e livros. Talvez essa tenha sido a causa do ataque.

Paul Ciniraj, presidente do organização de Ministros Cristãos das Igrejas na Índia (CMCI, sigla em inglês) e diretor do ministério Voz de Salém, prestou queixa junto às autoridades policiais.

Alguns evangelistas da Brothren Church realizavam evangelismo pessoal também foram agredidos em outro lugar do distrito de Idukki. Eles foram agredidos por alguns fanáticos em Marayur, no dia 22 de março.

Depois de distribuir folhetos na vila, os evangelistas estavam no alojamento se preparando para o estudo bíblico noturno. Um grupo de pessoas chegou de repente e os agrediu com severamente.

Ore pelos evangelistas agredidos, que planejam continuar o trabalho junto aos que precisam de salvação, apesar dos perigos.

Fonte: Portas Abertas