O pastor Victor Paul e a esposa dele, Glória, faziam evangelismo porta a porta no último dia 9 de agosto, distribuindo folhetos em Jala Nagar, no distrito de Bijapur, Estado de Karnataka, quando foram presos.

Durante o trajeto eles conheceram um homem em um supermercado que lhes pediu para que eles falassem mais sobre Jesus e fossem à casa dele.

Chegando lá, o casal compartilhou o Evangelho. De repente, o anfitrião e um colega dele começaram a espancar o pastor, que foi atingido no rosto e na cabeça.

Então eles tiraram uma foto do casal e os levaram à força, numa carroça, até a delegacia de polícia mais próxima. O homem registrou uma queixa de conversão forçada contra eles.

A polícia prendeu o pastor e a esposa. O casal será levado a julgamento no tribunal de primeira instância.

Em entrevista à ANS, o pastor Victor Paul disse: “Peço que cada membro do Corpo de Cristo ore por nossa libertação.”

O pastor tem dois filhos – Sam e Vinay – e auxilia em uma igreja chamada Casa Rehoboth de Adoração, em Bijapur, há um ano e meio.

Ele tem um ministério em duas outras localidades, Yogapur e na colônia Amar. A igreja dele possui 40 membros.

Fonte: Portas Abertas