Milhares de fiéis participaram de um evento promovido pela Igreja Mundial do Poder de Deus no aterro do Flamengo, na zona sul do Rio, na manhã desta quinta-feira.

A instituição, liderada pelo pastor Valdemiro Santiago, dissidente da Igreja Universal do Reino de Deus, comemora 13 anos de fundação.

A igreja estimava reunir 2 milhões de pessoas, mas, segundo a polícia, a cerimônia reuniu 50 mil pessoas.

Apesar da concentração de pessoas e de ônibus fretados, o trânsito permanece normalmente nas imediações. No trecho do evento, em frente ao monumento aos mortos durante a segunda Guerra Mundial, o aterro permanece fechado ao tráfego de automóveis aos domingos e feriados.

A cerimônia, liderada pelo pastor Santiago, começou por volta das 9h e terminou às 12h30. Fiéis foram convidados a dar depoimentos sobre as graças alcançadas após a adesão à igreja.

Há exatamente um ano, outro evento religioso, promovido na enseada de Botafogo pela Igreja Universal do Reino de Deus, reuniu um milhão de pessoas e paralisou o trânsito em toda a zona sul do Rio, além de causar reflexos no centro.

“Não deixamos que o evento de hoje fosse realizado em Botafogo. No aterro, ele não causa interferência no trânsito. Além disso, foram organizados seis estacionamentos para receber os ônibus fretados”, disse o secretário municipal de Ordem Pública, Carlos Roberto Osório, que visitou a área do evento ontem pela manhã.

[b]Fonte: Folha Online[/b]