Duas irmãs de um país árabe correm risco de morte na mão de seus familiares se a conversão delas ao cristianismo for descoberta. Por se tratar de um assunto extremamente delicado, o nome das duas e de seu país de origem não podem ser revelados.

Em 25 de agosto, a associação Middle East Concern pediu oração por essas irmãs. A família, desconfiada de que ambas haviam abandonado o islamismo, pensou em deixá-las presas em casa, ou torturá-las até que se reconvertessem. Também foi cogitado matá-las.

Sendo assim, cristãos da comunidade decidiram esconder as moças até os ânimos se acalmarem.

A comunidade cristã agradece as orações feitas por elas até agora. O pai delas decidiu continuar bancando os estudos das duas. Assim, elas têm motivos para viver longe de casa.

A mãe das moças está sendo compreensiva e faz o que pode para protegê-las. E as próprias moças estão empenhando-se para fortalecerem o relacionamento que têm com os pais, visitando-os durante o ramadã.

No entanto, alguns parentes continuam desconfiados. Eles tentam descobrir se as irmãs realmente se tornaram cristãs, e, aparentemente, estão interessados em lhes fazer mal, caso descubram onde elas estão.

Além disso, alguns membros da família estão se distanciando da casa delas.

Pedidos de oração:

• Ore pela segurança dessas nossas irmãs, e peça proteção para elas;
• Que os parentes tenham sabedoria sobre como se envolver com essa família;
• Que o relacionamento entre os pais e suas filhas seja fortalecido, mais forte do que leis e tradições islâmicas;
• Peça a Deus para suprir as despesas que as moças têm enquanto estudam;
• Ore para que os membros da família que as querem mal respondam ao amor de Deus.

Fonte: Portas Abertas