Um fabricante de carros na Malásia anunciou planos para desenvolver um carro especial para muçulmanos.

O “carro islâmico”, como o novo produto está sendo chamado, seria fabricado pela Proton, em parceira com produtores na Turquia e no Irã.

O carro teria acessórios especiais como uma bússola apontada na direção de Meca (santuário islâmico na Arábia Saudita) e compartimentos para guardar o Alcorão e o véu islâmico usado pelas mulheres para cobrir a cabeça.

A idéia surgiu depois da visita de uma delegação malaia de políticos e empresários ao Oriente Médio. Segundo a imprensa malaia, a sugestão teria sido recebida no Irã.

A Proton acredita que a criação de um veículo para os muçulmanos vai preencher um grande nicho no mercado automobilístico.

A fabricante domina o mercado na Malásia, mas sofreu quando o governo permitiu uma abertura na importação de carros estrangeiros.

A empresa esteve em negociações recentes com a VW sobre uma eventual aquisição por parte da gigante alemã.

Fonte: UOL