A esposa de Ron Carpenter Jr (foto), pastor da Redemption World Outreach Center em Greenville, South Carolina (EUA), após cometer adultério várias vezes, busca tratamento psiquiátrico.

Com voz trêmula e aparente abalo emocional, Ron Carpenter Jr, pastor da Redemption World Outreach Center em Greenville, South Carolina (EUA), usou a confissão de domingo para fazer uma revelação emocionante, ao contar que sua esposa cometeu adultério várias vezes ao longo dos últimos dez anos e foi submetida a observação psiquiátrica por conta da transgressão.

“Como eu relatei para vocês agora, minha esposa Hope se internou voluntariamente em uma clínica de reabilitação, com tratamento de um ano, e permanece sob isolamento e avaliação psiquiátrica neste momento. Eu tive uma longa conversa por telefone com terapeutas na noite passada, e o terapeuta disse que era o pior caso que já tinham visto. Essa é a gravidade deste momento e esta é a questão”, resume o pastor.

Na aparência de Carpenter era evidente seu abatimento, depois de perder doze quilos em quatro dias, e ao comover a todos com sua história, ressaltou que era o pior dia de sua vida em seus 45 anos.

No momento em que desabafava com o público, o ministro fez questão de esclarescer que sua esposa necessita de ajuda média e não precisa da “ira” de ninguém. O casamento de Ron Carpenter com Hope Hilley Carpenter durou cerca de 23 anos. O casal possui três filhos.

Durante os últimos dez anos, o pastor viveu um período angustiante com com a esposa, ao perceber que ela já não era mais a mesma, com comportamento diferente da época que a conheceu.

Ao tentar uma reconstrução do relacionamento, os dois ainda tentaram dois anos de terapia de casal sem sucesso, e a situação só piorou, até culminar com a confissão da esposa em 2010, quando contou que vivia uma relação extra-conjugal há cinco anos.

Por considerar a integridade do nome do Senhor, Carpenter compreendeu que escolheu permanecer com a esposa na época ao invés de separar, além de avaliar que não desejaria ferir a aliança construída entre os dois através do amor de Deus.

“Mas quando eu considerei a integridade do nome do Senhor… Eu não queria magoar o seu nome. Quando eu pensei em você, quando eu pensei no meu amor por ela. Que eu a amo agora, eu a amo agora”, acrescentou em meio a lágrimas.

Além de cobrir sua esposa com amor, através da provação, com Cristo como sua proteção, Carpenter enfatizou também que está comprometido em amparar seus filhos, para eles terem a chance de sentir que está tudo bem.

O pastor relatou que não poupará gastos em proporcionar o melhor atendimento à esposa, mas que não estaria disposto a tentar restaurar o seu casamento.

[b]Fonte: The Christian Post[/b]