Bristol Palin, filha adolescente da ex-candidata republicana à Vice-Presidência dos Estados Unidos Sarah Palin e que é mãe de um bebê de poucos meses, pediu ontem aos adolescentes que se abstenham de manter relações sexuais, para evitar a paternidade enquanto são jovens.

“Ter um bebê é uma grande responsabilidade e acho que os adolescentes devem esperar para manter relações sexuais”, afirmou a jovem durante um ato da fundação The Candie’s, que promove campanhas para advertir sobre a gravidez não desejada de adolescentes.

Bristol Palin deu à luz em dezembro do ano passado uma criança, fruto de uma relação com seu namorado de escola, Levi Johnston.

A jovem ficou grávida aos 17 anos, quando cursava o último ano do ensino médio, e a notícia, que se tornou pública em plena campanha eleitoral de sua mãe, despertou a atenção da imprensa americana.

Bristol reconheceu que gostaria de ir para a universidade, viajar e continuar saindo com seus amigos.

No entanto, agora seu bebê é sua principal prioridade, e monopoliza as 24 horas de seu dia. “Ser mãe é um trabalho muito difícil”, afirmou.

Bristol foi nomeada porta-voz nacional da fundação The Candie’s para colaborar na prevenção da gravidez de adolescentes.

Fonte: EFE