Aproveitando as férias da temporada européia para se recuperar de uma cirurgia no joelho esquerdo, sofrida no dia 23 de maio, Kaká tem fugido da badalação e das aparições públicas constantes. Motivo para isso não falta, afinal o meia do Milan, além das sessões diárias de fisioterapia no centro de reabilitação do São Paulo, clube que o revelou, ainda curte o filho Luca, nascido na madrugada do último dia 10.

“Fico com o meu filho e com a minha mulher (Caroline Celico) o tempo todo em que não estou na fisioterapia e procuro curtir o máximo que posso”, destacou o jogador, durante aparição em evento de um de seus patrocinadores nesta sexta-feira, no Estádio do Pacaembu. Kaká ficou pouco mais de duas horas no local.

Segundo o jogador, a experiência paterna vem sendo positiva. “Estou fazendo todas aquelas coisas de um pai de um recém-nascido. É muito saudável”, valorizou.

A rotina no centro de treinamento do São Paulo vem sendo pesada. Kaká fica por todo o dia realizando fisioterapia, mas garante que o sacrifício vale a pena: o tempo estimado para o retorno aos campos foi encurtado.

“Meu trabalho de fisioterapia está bom. Fico no São Paulo o dia todo. Quero agradecer aos profissionais do São Paulo, que ficam o dia inteiro lá comigo. Acredito que em mais 15 dias estarei pronto para jogar”, assegurou.

O bom momento fora de campo, contudo, contrasta com as polêmicas dentro dele. O jogador vivencia, à distância, uma disputa entre CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e Milan pela sua presença nos Jogos de Pequim, que começam em agosto. Além disso, é evidente o desgaste que a situação gerou com o técnico da Seleção, Dunga.

Fonte: Terra