[img align=left width=300]http://blogs.universal.org/bispomacedo/wp-content/uploads/2015/12/dezmandamentos-706×410.jpg[/img]

O filme “Os Dez Mandamentos”, produzido pela Record TV, vai ser exibido na Coreia do Sul a partir do dia 13 de abril. O país disponibilizará entre 50 e 60 telas para a exibição do longa, que será transmitido em língua portuguesa.

A Record Filmes chegou à distribuidora sul-coreana por um intermédio da Netflix, que contatou a Record Filmes para informar sobre o interesse no conteúdo de narrativa religiosa no país. Não obstante, o sucesso que o longa-metragem fez no Brasil repercutiu mundo afora.

A abertura para o conteúdo do Ocidente se dá, também, para outras questões como a religião. A população da Coreia do Sul tem se interessado cada vez mais por religiões cristãs, então há grandes chances de o filme ser sucesso de bilheteria por lá também.

[b]Distribuição[/b]

Segundo dados do Rentrak, empresa que funciona como o Ibope do cinema, “Os Dez Mandamentos” atingiu público recorde em países de língua portuguesa: em Moçambique, 100 mil pessoas assistiram ao longa no cinema, enquanto na Angola o público foi de 200 mil. Além disso, na Argentina, a trama foi assistida por 450 mil pessoas, alcançando a marca de filme brasileiro mais visto no país — em segundo lugar, ficou Cidade de Deus, com 90 mil espectadores.

Ainda não se sabe se a novela também vai ser transmitida, mas o Diretor de Conteúdo e Cinema da Record, Andre Basbaum, está animado com a empreitada:

— Foi uma surpresa muito boa essa aproximação da Coreia do Sul. Estamos contentes com o sucesso do filme por aqui, e espero que a aceitação também seja boa por lá.

[b]Fonte: R7[/b]