Com o perigo da Série B cada vez mais evidente, os jogadores do Fluminense se prende à religião para tentar sair da zona de rebaixamento da competição nacional.

Uma prova disso é que, ao final do treinamento da equipe nesta terça-feira, em Itú, os jogadores do Tricolor se abraçaram e rezaram em conjunto.

Um dos líderes do time, o atacante Washington considerou válido o gesto que, desta vez, teve o goleiro reserva Diego como “condutor”. Para o artilheiro, é sempre importante fazer um agradecimento.

“A iniciativa de agradecer sempre ao final de um treinamento é extremamente válida. Esse detalhe, com certeza, deixará os jogadores do Fluminense ainda mais unidos para a batalha do Brasileiro”, disse.

Mais do que nunca, a união precisa estar presente no grupo tricolor. Sem vencer há sete partidas, o Fluminense é o penúltimo colocado do Campeonato Brasileiro, com apenas 27 pontos.

Fonte: UOL Esportes