A Rede Globo divulgou nota dizendo que não tinha nada para publicar pois “a ação não foi arquivada, apenas mudou de tribunal”

A Rede Globo divulgou ontem nota para rebater acusações feitas pelo programa “Domingo Espetacular”, da Rede Record, de que a emissora teria ignorado a anulação de processo do Ministério Público contra a Igreja Universal do Reino de Deus.

O programa da Record, que foi ao ar no domingo, afirmou que, “embora a denúncia [contra a Igreja Universal] tenha sido repercutida à exaustão no ano passado por parte da imprensa, a maioria dos veículos de comunicação, como a TV Globo e o jornal Folha de S.Paulo, ignorou o desfecho do caso”.

A anulação do processo contra bispos da Igreja Universal foi noticiada pela Folha.com no dia 20 deste mês, um dia após o Tribunal de Justiça de São Paulo decidir que a tramitação do caso deveria correr na Justiça Federal, e não na estadual.

No processo, o líder da Igreja Universal, Edir Macedo, é acusado de envolvimento em crimes de lavagem de dinheiro por meio do envio de recursos para o exterior.
Com a decisão do TJ-SP, a Justiça Federal deverá recomeçar tudo da estaca zero.

A nota da Rede Globo diz que “a ação não foi arquivada, apenas mudou de tribunal”.

Além disso, a emissora afirma, na nota, que “não dá o passo a passo de processos, mas as suas conclusões. Como a investigação apenas mudou de mãos, não há nada de substantivo a publicar”.

[b]Fonte: Folha de São Paulo
[/b]