O goleiro Roger, do time carioca Botafogo, fez uma declaração no último domingo, 28/10, que gerou polêmica. Após um erro em campo, o jogador disse não ser Jesus Cristo e que, por essa razão, poderia errar.

Roger não negou a falha e admitiu ter errado no gol de Tadeu, que gerou o empate do Juventude de 1 a 1 na partida contra o Botafogo, realizada no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Foi uma falha, lógico. A bola passou no meio da barreira e quicou na minha frente. Não sou Jesus Cristo. Assim como outros, também erro, mas agora é levantar a cabeça para o duelo com o Cruzeiro”, declarou.

O goleiro não poderá participar do próximo jogo do Botafogo, que acontecerá na quinta-feira, 1º/11, às 20h30min (horário de Brasília), no Engenhão (RJ). Roger recebeu o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão automática.

Fonte: Elnet