m oficial chinês confirmou que o advogado defensor de direitos humanos, Gao Zhisheng, “desapareceu enquanto caminhava” no dia 25 de setembro do ano passado. A agência Christian Solidarity Worldwide (CSW) está muito preocupada com o bem-estar do cristão.

Essa notícia foi dada por um telefonema entre um policial e o irmão de Gao Zhisheng, Gao Zhiyi, no início desta semana. É a primeira vez que um oficial chinês assume que o advogado não está mais sob custódia chinesa.

O indicado ao Prêmio Nobel da Paz desapareceu no dia 4 de fevereiro de 2009, após ter sido levado pelos oficiais chineses. Sua esposa e seus filhos fugiram para os Estados Unidos, onde há informações de que sua filha está hospitalizada devido ao stress do desaparecimento de seu pai.

Alexa Papadouris, uma das diretoras do CSW, disse: “apesar dos incessantes pedidos da comunidade internacional por informações sobre Gao Zhisheng, o governo chinês não divulgou nada. Novas suspeitas sobre o bem-estar de Gao surgiram, e o advogado da família merece saber mais detalhes”.

Fonte: Missão Portas Abertas