O governo francês estuda medidas para combater o alcoolismo entre os jovens, como a proibição da venda de bebidas em garrafas nos clubes noturnos -elas só seriam autorizadas em copos- e a proibição de bebidas fortes, como uísque e vodca, em happy hours.

O plano foi anunciado ontem por Etiènne Apaire, que chefia a missão interministerial de luta contra drogas e toxicomania. Ele cita pesquisa feita em 2005, segundo a qual 1 em cada 4 jovens de 17 anos disse ter-se embriagado ao menos quatro vezes nos 12 meses anteriores, enquanto 1 em cada 10 disse ter-se embriagado dez vezes no mesmo período.

Entre as outras medidas em estudo está a proibição do “open bar”, em que o consumidor, em troca de um pagamento fixo, bebe o quanto quiser. Há também o plano de proibir qualquer bebida alcoólica para menores de 18 anos. Hoje, entre 16 e 18 anos, o menor pode consumir bebidas de mais baixo teor, como cerveja e vinho.

O plano, discutido com empresas do setor, será adotado em algumas semanas.

Fonte: Folha de São Paulo