Uma das maiores gravadoras do mundo contratou um grupo de monges austríacos depois de assisti-los em um clipe no YouTube.

A gravadora, a Universal, que tem em seu cast artistas como Amy Winehouse, Eminem e Black Eyed Peas, havia lançado, em fevereiro, uma competição para selecionar um grupo de cantos religiosos.

Em uma série de anúncios colocados em publicações religiosas, a gravadora dizia estar em busca de “monges, homens de hábito e cantores sagrados” para gravar um disco de canto gregoriano.

Os executivos da gravadora receberam mais de uma centena de gravações, mas só se impressionaram quando se depararam com um clipe dos monges do monastério de Heiligenkreuz no YouTube. O link para o site tinha sido enviado pelos monges por email. Tom Lewis, executivo da Universal A&R disse à BBC News que os monges ficaram sabendo da competição por meio de um amigo que mora em Londres. “Eu fiquei sem respiração ao ouvir a qualidade da música deles. As canções são simplesmente lindas e eles estarão usando o que há de mais moderno em termos de artifícios de comunicação para que sua música seja ouvida”, disse Lewis. Os monges são da ordem dos cistercianos. O monastério de Heligenkreuz, nos arredores de Viena, abriga 80 monges e foi fundado em 1133. Eles derrotaram mais de 100 candidatos na competição e terão o álbum gravado no mês que vem com lançamento mundial. Um dos monges envolvidos no projeto, Karl, disse que o disco deve contar com a participação de dez a 12 cantores.

“É uma experiência muito engraçada porque não achei que seríamos os escolhidos”, disse ele. “Foi só de brincadeira que enviamos um email para a gravadora”.

“Foi uma coisa boa porque o canto gregoriano faz parte da nossa espiritualidade e da nossa vida”, disse o monge.

Os cantos gregorianos são uns dos registros mais antigos de música escrita que se tem notícia e datam da Idade Média.

Fonte: BBC Brasil