O grupo islâmico Boko Haram divulgou um vídeo nesta quarta-feira justificando os ataques contra cristãos na Nigéria.

No dia do Natal, um atentado do grupo deixou mais 37 mortos em uma igreja da capital, Abuja.

Segundo o vídeo, os ataques foram uma retaliação à morte de muçulmanos no norte do país.

Os militantes também fizeram um alerta ao presidente Goodluck Jonathan, dizendo que as forças de segurança da Nigéria não conseguirão deter as ações do grupo.

Horas depois da divulgação do vídeo, quatro cristãos foram mortos no norte do país, com as suspeitas recaindo sobre o grupo.

[b]Fonte: BBC Brasil[/b]