O presidente da Indonésia condenou a intolerância e a intimidação religiosa que está sendo cometida por um grupo islâmico que agora está exigindo a demolição de cinco igrejas na Indonésia.

O presidente Susilo Bambang Yudhoyono estava discursando em um evento realizado pela Igreja Protestante Cristã Batak, a maior denominação protestante na Indonésia, no domingo, 4 de dezembro.

Ele disse: “A diversidade religiosa na nossa nação é uma força, um dom de Deus que devemos preservar. Portanto, não devemos querer forças nossas vontades ou intimidar nossos irmãos com nossos costumes religiosos. Tolerância não é negociável.”

O discurso veio nesse sentido pois algumas igrejas na Indonésia estão sofrendo ameaças de extremistas islâmicos. Um grupo da cidade de Pracimantoro, na Java Central, apelou ao governo local para demolir as cinco igrejas cristãs da área.

Os islâmicos alegam que as igrejas não possuem registro nem autorização do Ministério dos Assuntos Religiosos, mas os cristãos dizem que os documentos existem, mas o governo se recusando a entregar os documentos oficiais.

O líder do grupo islâmico é também chefe do Departamento local de Assuntos Religiosos, o que pode explicar a demora na entrega dos registros e autorizações. A tensão é crescente no país e existem ameaças e boatos de que a demolição acontecerá em breve.

[b]Fonte: Barnabas Fund por Missão Portas Abertas[/b]