No texto, os hackers anunciaram que o pastor e deputado federal Marco Feliciano teria assumido a homossexualidade.

O site da Igreja Mundial do Poder de Deus foi invadido por hackers que publicaram um texto falso contra o pastor Marco Feliciano (PSC-SP), afirmando que o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) teria assumido sua homossexualidade.

Trecho da publicação, que já foi apagada pelos administradores do site, dizia que durante uma “entrevista ao nosso site, o pastor diz que, em nova fase da vida, tem curtido a liberdade de ‘sair do armário’. Disse também que aconselha a todos que o façam”.

Numa das frases atribuídas ao pastor, Feliciano supostamente teria afirmado que havia descoberto uma maneira de ser feliz: “Me senti mais vivo! Me libertei das amarras da sociedade machista e acho que, na verdade, Jesus morreu para que nós, humanos, pudéssemos viver de maneira plena e feliz. Felizmente, descobri que a minha felicidade está numa relação homossexual! Sempre há tempo de se reinventar! Eu acho que estou curtindo”.

A publicação ironizava a postura de Marco Feliciano de pregar que a prática homossexual é pecaminosa e, usando termos comuns ao vocabulário de homossexuais, tentava atribuir esse posicionamento adotado pelo pastor como uma homossexualidade reprimida: “Hoje acordo mais tranquilo, mais resolvido. Ligo o rádio na Gloria Gaynor e fico sambando a noite inteira em cima da mesa e sorrindo. Me sinto mais feliz, mais livre, igual uma borboleta”, dizia o texto.

A reprovação à homossexualidade por parte dos evangélicos também foi abordada na falsa matéria publicada no site da igreja liderada pelo apóstolo Valdemiro Santiago. Num jogo de perguntas e respostas, o texto questionava se o pastor teve medo da reação da comunidade evangélica. “Claro que tive. Só no começo que dói, depois pega o costume e fica muito mais gostoso. Até porque seria ignorância da minha parte dar atenção para esse povo burro”, respondia o texto, assinado – com zombaria – por Ricardo Cockdick.

Veja o printscreen da página da Igreja Mundial que foi invadida por hackers:

[img align=left width=500]http://noticias.gospelmais.com.br/files/2013/10/print-site-Mundial-Feliciano-homossexualidade1.jpg[/img]