Um homem foi acusado de três tentativas de homicídio depois de balear sua noiva, o bebê dos dois e um pastor, dentro de uma igreja no estado do Alabama, afirmaram autoridades locais neste domingo, dia 20.

Júnior James Minter, de 26 anos, da cidade de Selma, foi detido após o incidente ocorrido durante uma cerimônia religiosa na igreja Tabernáculo Oasis, de acordo com o procurador federal de Dallas County, Michael Jackson. O agente afirmou que o ataque aconteceu devido a problemas de relacionamento do casal.

Testemunhas contaram à polícia que Minter entrou na igreja e se sentou na primeira fila, ao lado de sua noiva e do bebê deles, que tem 1 mês de vida. De repente, Minter puxou a arma e começou a atirar, disse o comunicado da polícia. A mulher, de 24 anos, caiu no chão, e em seguida Minter deu um tiro na mandíbula e no ombro dela. O bebê foi baleado em uma das mãos.

O pastor da igreja, de 61 anos, agarrou o atirador e acabou sendo baleado na perna. Os membros da congregação ajudaram a imobilizar Minter e conseguiram agarrar a arma. O atirador, no entanto, fugiu da igreja.

O pastor foi levado para uma sala de emergência local, enquanto a mulher e o bebê foram levados para um hospital em Birmingham. As vítimas estão em condição estável.

Após o ataque, Minter foi capturado pela polícia a um pouco mais de um quilômetro de distância. Ele foi detido sem fiança na cadeia do condado de Dallas.

O Departamento de Polícia Selma disse que Minter poderia enfrentar outras acusações e que o possível motivo do ataque seria uma desavença sobre visitas à criança.

[b]Fonte: O Globo[/b]