Um homem foi preso pela Polícia de Mogi das Cruzes (SP) se passando por um pastor para aplicar golpes em donos de imóveis na cidade.

[img align=left width=300]https://images.gospelprime.com.br/osNW4IBUmvq9gylM9lB6uutFsws=/250×0/smart/filters:strip_icc()/noticias.gospelprime.com.br/files/2015/12/falso-pastor.jpg[/img]O acusado se passava por pastor da Igreja Universal do Reino de Deus e usava documentos falsos, inclusive um papel timbrado com o logotipo da igreja para aplicar os golpes.

Ele enviou uma proposta de compra de um galpão no valor de R$ 7.020.000,00 (sete milhões e vinte mil reais) e exigia do dono do imóvel um cheque no valor de R$ 10 mil para as certidões negativas, cem vezes maior do que é cobrado no mercado.

Desconfiado, o dono do galpão chamou a polícia e no dia 17 de dezembro os policiais militares participaram da negociação e deram voz de prisão ao homem que foi preso pelo crime de estelionato.

“Ele procurava um terreno grande e oferecia um valor que também não era pouco”, explicou o cabo da PM, Carlos Freitas, em entrevista à TV Diária, retransmissora da Globo na região.

O homem é natural de Guarulhos e já tem mais de dez passagens pela polícia por vários crimes, inclusive por estelionato.

[b]Fonte: Gospel Prime[/b]