O horário da procissão de São Calógero, que ocorre neste domingo em Agrigento (Sicília), provocou polêmica na Itália, ao coincidir praticamente com a final da Copa do Mundo, entre a seleção do país e a França, em Berlim.

A procissão ao santuário de São Calógero, de grande tradição na região e que todos os anos reúne milhares de devotos, tem início previsto para este domingo às 21h locais (16h de Brasília), uma hora depois do início da decisão do Mundial.

Muitos já solicitaram ao responsável do santuário de São Calógero, monsenhor Lucio Li Gregni, que mude a hora da procissão ou, inclusive, que a deixe para outro dia. Até agora o padre tem se negado a aceitar os pedidos dos fiéis.

“Não haverá adiamento. Quem é devoto de São Calógero estará presente na procissão. Nunca ocorreu um adiamento dessa festa por um jogo de futebol”, comentou o monsenhor Li Gregni.

A polêmica criada tem um precedente curioso na região. Em 11 de julho de 1982, coincidindo com a final da Copa do Mundo da Espanha (1982), conquistada pela Itália sobre a Alemanha, ocorreu a procissão do “Santo Nero”, venerado entre os locais.

Esse dia, a procissão percorreu uma localidade cujas ruas estavam praticamente desertas, já que os “fiéis” tinham decidido acompanhar a final, deixando em segundo plano sua devoção pelo santo.

Fonte: EFE