O cardeal Norberto Rivera, primaz arcebispo do México, entregou um documento com advertências sobre o risco de condutas relacionadas à pedofilia a sacerdotes de sua diocese.

O semanário informativo da arquidiocese da Cidade do México, Desde la Fe, publicou o informe, denominado “Critérios da Arquidiocese em relação a comportamentos inadequados por parte de clérigos”.

O folheto adverte sobre os motivos pelos quais os “maus sacerdotes” podem ser consignados pelas autoridades, bem como sobre as sanções civis e eclesiásticas aplicadas àqueles que realizem “atos inadequados”.

Também informa sobre as sanções estabelecidas pelos códigos penais federal e local, e a respeito do direito canônico que rege a Igreja Católica, para “atos que põem em risco a integridade das pessoas”.

A publicação explica ainda os requisitos de comportamento que devem ser observados pelos clérigos que provenham de outras dioceses para exercer seu ministério no Distrito Federal mexicano. (ANSA)

Fonte: Ansa